Sobre o projeto

The Trust Project desenvolve padrões de transparência que ajudam as pessoas a avaliar a qualidade e a credibilidade do jornalismo. Esses padrões são adotados por veículos noticiosos através de um consórcio internacional liderado pela jornalista americana Sally Lehrman.

 

No Brasil,  antes de se fundir ao Trust Project, em maio de 2021, Projeto Credibilidade foi realizado através de uma parceria entre o Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo  (Projor) e o Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), sob coordenação dos jornalistas Francisco Rolfsen Belda, presidente do Projor e docente da Unesp, e Angela Pimenta, diretora de operações do Projor. Desde maio de 2021, o projeto mantém parcerias institucionais com o Projor e com a Unesp. 

 

O Trust Project tem dois objetivos principais: refletir sobre a fragmentação da narrativa noticiosa no meio digital e desenvolver ferramentas e técnicas para identificar e promover um jornalismo confiável e de qualidade, distinguindo-o do ruído digital.

 

Desde 2019, seis veículos integram o Trust Project – Agência Lupa, Agência Mural, Folha de S. Paulo, Nexo Jornal, O Povo e Poder360. Em junho de 2021, outros sete veículos estão em fase de adoção dos indicadores de credibilidade: Amazônia Real, A Gazeta, Gaúcha ZH, Jornal do Commercio, JOTA, Ponte e UOL.

SUMÁRIO

Navegue pelos capítulos
do Manual da Credibilidade